Tratamentos Vasculares

Os tratamentos disponibilizados devem sempre estar adequados a patologia (doença) ou queixa apresentada pelo paciente.

As Microvarizes são tratadas por escleroterapias (secagem dos vasinhos). As varizes, por microcirurgia e aplicação de Radiofrequência para veias Safenas, ou tratamento clínico (paliativo) utilizando meias elásticas e medicamentos flebotômicos para os pacientes que não apresentarem condições clínicas para serem submetidos ao tratamento cirúrgico.

As doenças linfáticas (Linfedemas) são tratadas clinicamente com utilização de medicamentos, meias, compressões pneumáticas e fisioterapias.

As doenças arteriais do tipo claudicação (dor para caminhar) recebem tratamento clínico na maioria dos casos. O emprego de medicamentos e a normalização das taxas principalmente de colesterol, triglicerídeos e glicose são recomendados. Assim como o controle da pressão arterial, a mudança de hábitos de vida como abandono do sedentarismo, do tabagismo e normalização do índice de massa corporal (controle da obesidade). Quando muito sintomáticas, ou quando apresentarem ulcerações ou necroses, uma angioplastia (dilatação de uma artéria estreitada) poderá estar indicada.

Os aneurismas da aorta abdominal, torácica e os poplíteos devem receber atenção especial, pois na maioria dos casos são assintomáticos (não provocam queixas) e podem ter desfechos muito sérios e fatais. As pessoas neste grupo de risco são predominante do sexo masculino (mas não exclusivo), tabagistas, hipertensos e com idade igual ou superior a 65 anos. Estes devem dar atenção especial na pesquisa e tratamento da patologia. Quando necessário, o tratamento poderá ser realizado através de cirurgias convencionais, ou pelo implante de endopróteses através de cateteres, o tratamento minimamente invasivo e que apresenta excelentes resultados.

Equipamento de Radiofrequência
Equipamento de Radiofrequência
Escleroterapia com espuma
Escleroterapia com espuma